A escola

Teatro Escola Mario Persico foi Inaugurado em março de 2013 pelo ator, diretor e dramaturgo Mario Persico, o Teatro Escola Mario Persico, funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 22h, oferecendo aulas de teatro para crianças e adultos, com cursos Livres e Profissionalizantes, e também para quem não pretende ser ator, mas quer adquirir técnicas para melhorar desinibição, voz, postura, por exemplo.
O espaço possui dois teatros com arquibancadas para 40 e outro para 80 pessoas, camarins e sofisticado sistema de luz e sonorização, que recebe espetáculos em  todos os finais de semana com sessões noturnas e, mais recentemente, com matinês para o público infantil. “Começou como escola e espaço para ensaiar e guardar os figurinos, mas rapidamente ganhou as adequações necessárias para encenações de espetáculos aos fins de semana. Tanto que hoje as pessoas vêm [aos finais de semana] sem saber o que vai ser apresentado. Virou um hábito para o público que gosta de assistir teatro”.
O espaço também é a sede da Cia Clássica de Repertório fundada e dirigida por Mario Persico em 1994.

A Cia Clássica de Repertório (site)  foi fundada em janeiro de 1994, buscando criar um teatro de repertório e um resgate de textos clássicos da dramaturgia e literatura mundial. Além de desenvolver uma dramaturgia própria a Cia tem em seu currículo autores como Moliére, Clarice Lispector, Arthur Miller, Tennesee Willians, Gil Vicente e Eça de Queiroz. A estréia foi com a montagem infanto-juvenil “Cinderela - A Comédia”, uma paródia do clássico infantil homônimo. No mesmo ano veio ao palco “Pluft - O Fantasminha”, de Maria Clara Machado e “A Mulher Zumbi”, de Mario Persico, sendo que as duas montagens continuam em temporada, perfazendo doze anos em cartaz.
Com A Mulher Zumbi, a Cia Clássica conquistou reconhecimento de público e crítica. O espetáculo conquistou 27 prêmios em Festivais Estaduais e Nacionais de Teatro, além de representar o Brasil no XII ENTEPOLA - Encontro de Teatro Popular Latino Americano em Santiago do Chile em 1998. Ainda com A Mulher Zumbi e o infanto-juvenil Meu Amigo, Dom Pedro II, a Cia Clássica excursionou por algumas cidades ao Norte de Portugal (Porto, Vila Nova de Gaia, Vila Nova Famalicão, entre outras) em 1999.

 

1268867472.jpg
cia%20classica%20de%20repertorio%202_edi

Espetaculo "Cordel Do Chapeuzinho e o lobo Atriz Gabriela Cau / Ator Danilo Panayotou

Após ser agraciada com apoio da Lei de Incentivo à Cultura Municipal - LINC, por oito vezes , a Cia Clássica em 2006 foi uma das 55 companhias classificadas para receber o Prêmio Myriam Muniz, (FUNARTE/PETROBRÁS) concorrendo com mais de 800 grupos de todo o pais a Cia Sorocabana teve seu projeto “De Feira de Muares á revolução Industrial”, classificado em 16° lugar por ordem de excelência artística, desse projeto nasceu o espetáculo ‘A FEBRE’. Em 2007 a CIA CLÁSSICA é classificada pela segunda vez consecutiva com o Prêmio Myriam Muniz para realização do espetáculo DO OUTRO LADO DO RIO, que narra a saga da imigração espanhola em Sorocaba e compõe a segunda parte da trilogia sorocabana.