“Um Islã Negro no Brasil.”  

Tem como tema a Revolta dos Malês que foi uma revolta do período regencial. Aconteceu em Salvador. Embora ocorrida na Bahia e, portanto, outro estado, essa revolta como a haitiana geraram reflexos em todo território nacional. E seus ecos não tardaram a chegar até Sorocaba. Os escravos Malês tinham um diferencial muito importante. Sabiam ler e escrever, o que os colocava num grau muito acima das demais etnias africanas aqui escravizadas. Suas ações foram baseadas em experiências de combate que trouxeram da África, posto que além de alfabetizados, foram guerreiros em seus países de origem.
A peça foi concebida como uma tragédia romântica. 


FICHA TÉCNICA:
Elenco/Atores:
Matheus Rocha
Rai Queiroz
Jean Felipe
Marcos Sanson
Emilly Azzous
Matilde Santos
Tiske Reis
Matheus Caruso
Jefferson Pereira
Nivaldo Martins Ferreira
Mario Persico


Texto/Direção

Mario Persico

Realização:

Teatro Escola Mario Persico, PROAC, Secretaria da Cultura e Economia Criativa, São Paulo Governo do Estado.